sábado, 14 de março de 2009

Pintassilgo


Pintassilgo (Carduelis carduelis) morto, na berma da variante à Covilhã perto do acesso ao parque industrial do Canhoso.


"É mais um exemplo (outros são este, este e muitos mais no blog De Olhos Nas Estradas) de como as estradas de asfalto não têm impactos ambientais e até ajudam a observação da vida selvagem. Ou, direi melhor, a observação da morte selvagem."

Directamente saqueado do Cântaro Zangado para a nossa listagem.

Obrigado

Um comentário:

carla disse...

Gostava de saber o q querem fazer em relaçao a isso!

Impedir o uso de automoveis!? Cortar os meios de transporte!?

Na sexta feira para não bater num texugo tive um acidente, e foi uma sorte não ter sido mais grave e o animal morreu na mesma!

que culpa tem os condutores q os animais se metam na estrada!? Querem fechar as estradas!? Impedir que as pessoas se desloquem para os seus trabalhos!? Por amor de deus! Eu adoro animais, mas adoro ainda mais a vida! Tenho muita pena, e fiquei bastante transtornada! Mas se soubesse que ia ter um susto tao grande e os prejuizos q tenho, não me desviava! Podia mesmo ter morrido!!!

Agora digam-me quem me cobre a mim e a outros a quem aconteceu o mesmo os prejuizos!! O seguro n cobre, o estado e o iep mto menos!!

Não há nada a fazer, chega de especulações! O minimo q se pode fazer é participar o atropelamento às autoridades e tirar o animal do meio da estrada para mais ninguem lhe passar por cima!